Cartas para família

Atendimento - (31) 3324-1832

Marcar Consulta

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Postado por: Dr Etienne Soares Miranda
3 nov

Você já teve a impressão que seu nariz está sempre congestionado? Como se estivesse com um resfriado que não passa? Então veja a seguir as dicas e orientações de o que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz e as orientações sobre cirurgia estética e funcional.

O que causa o entupimento do nariz?

Geralmente, a congestão nasal que parece não ter fim é causada por pólipos nasais. Os pólipos nasais são crescimentos benignos (não cancerosos) dos tecidos de revestimento ou da mucosa do nariz.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Pólipo nasal. Foto: reprodução Getty Imagens

Causa dos pólipos nasais

Os pólipos nasais crescem no tecido inflamado da mucosa nasal. A mucosa é uma camada muito úmida que auxilia na proteção da parte interior do nariz e dos seios da face e umidifica o ar inalado.

Durante uma infecção ou irritação induzida por alergia, a mucosa nasal fica inchada e vermelha e pode produzir secreções. Com a irritação prolongada da mucosa podem aparecer pólipos.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Obstrução nasal causada por pólipos. Foto: Reprodução Getty Imagens.

Um pólipo é um tumor redondo (como um pequeno cisto) que boqueia a passagem de ar no nariz.

Mesmo que algumas pessoas desenvolvam pólipos sem problemas nasais anteriores, geralmente há uma origem para o desenvolvimento de pólipos. Esses estímulos incluem:

  • Infecções sinusais recorrentes ou crônicas
  • Fibrose cística
  • Vasculite autoimune
  • Sensibilidade a anti-inflamatórios não esteroidais
  • Asma
  • Rinite alérgica

Algumas pessoas possuem predisposição hereditária em  desenvolver pólipos. Isso pode ser causado devido à maneira como os genes agem na mucosa de forma irritativa o que faz surgir carne esponjosa no nariz.

Sintomas de pólipos nasais

Geralmente, os pólipos nasais acometem as áreas onde os seios da face superiores drenam para o nariz, no encontro dos olhos, nariz e maçãs do rosto.

Os pólipos nasais são crescimentos macios e indolores dentro das vias nasais e na maioria das vezes não são percebidos, pois não possuem sensibilidade nos nervos.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Pólipos profundos na cavidade nasal. Foto: reprodução Getty Imagens.

Desse modo, as proeminências podem crescer o suficiente para bloquear os acessos nasais, o que causa em congestão crônica. Os sintomas podem incluir:

  • Obstrução nasal
  • Coriza
  • Respiração pela boca
  • Dor de cabeça, em caso de infecção sinusal além do pólipo.
  • Pressão facial
  • Apneia do sono
  • Ressono
  • Gotejamento pós-nasal, quando há abundância de muco e ele desce pela parte de trás da garganta.
  • Congestão nasal
  • Olfato reduzido

Como saber se tenho pólipo nasal?

O médico pode examinar as narinas com o otoscópio ou nasoscópio para analisa o grau e profundidade dos pólipos. Caso o pólipo esteja mais profundo é necessário uma endoscopia nasal.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Somente a avaliação médica pode afirmar a presença de pólipos e a necessidade de cirurgia funcional nasal. Foto: reprodução Getty Imagens.

Este procedimento é feito pelo médico onde um tubo fino e flexível com uma luz e uma câmera são inseridos na extremidade dos orifícios nasais.

Uma tomografia computadorizada ou ressonância magnética pode ser solicitada caso seja necessário determinar a localização e o tamanho dos pólipos mais profundos.

No exame também é possível observar se o pólipo gerou deformidades ósseas na região e descartar outros tipos de tumores que podem ser mais graves, como deformação estrutural ou tumores malignos.

Assim, testes alérgicos e rastreamento de doenças genéticas também podem ser incluídos na pesquisa sobre a causa dos pólipos nasais.

Tratamento para pólipo nasal

Medicações pra reduzir a inflamação podem auxiliar e reduzir o tamanho dos pólipos Os medicamentos também aliviam os sintomas da congestão nasal.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

O uso de medicamentos para aliviar e diminuir os pólipos nasais. Foto: Reprodução Getty Imagens.

Utilizar esteroides nasais no nariz reduz a coriza e a sensação de obstrução ao minimizar o pólipo. Contudo, caso o uso seja interrompido antes do fim do tratamento, os sintomas podem retornar rapidamente. Exemplos de medicamentos nasais incluem:

  • Fluticasona
  • Budesonida
  • Mometasona

Medicamentos como a prednisona, pode ser uma opção se os sprays nasais não funcionarem. Então este medicamento não podem ser uma solução de longo prazo devido aos seus efeitos colaterais graves, incluindo retenção de líquidos, aumento da pressão arterial e elevação da pressão nos olhos.

Os anti-histamínicos ou antibióticos também podem auxiliar no tratamento das alergias nasais causadas por inflamação no nariz.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Caso os sintomas não melhorem com a medicação é indicada a cirurgia para realizar a remoção dos pólipos. O modo como à cirurgia é realizada será de acordo com o tamanho do pólipo. Assim, a polipectomia é uma cirurgia ambulatorial com intuito de remover tecidos moles, incluindo a mucosa.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Pólipos obstruem a passagem de ar e diminuem a funcionalidade nasal. Foto: reprodução Getty Imagens.

Para pólipos maiores, o médico pode indicar uma cirurgia endoscópica dos seios da face utilizando um endoscópio fino e flexível com uma pequena câmera e pequenas ferramentas na extremidade. Essa cirurgia é um procedimento ambulatorial na maioria das vezes e deve ser realizada de acordo com as técnicas médicas e por um cirurgião capacitado.

O que fazer quando se tem carne esponjosa no nariz?

Cirurgia para retirada de pólipos nasais. Foto: reprodução Getty Imagens.

Após a cirurgia medicamentos como sprays nasais e lavagens com solução salina podem diminuir as chances de retorno dos pólipos.

Geralmente, as inflamações das vias nasais reduzem com sprays nasais, medicamentos antialérgicos e soros fisiológicos e esses cuidados previnem o desenvolvimento de pólipos nasais.

Fonte: SBCP http://www2.cirurgiaplastica.org.br/

Ítens relacionados



FacebookTwitter
Open chat