Rinoplastia bhA principal finalidade da rinoplastia é modificar os contornos do nariz em busca de formas mais harmônicas, que proporcionam prazer e bem-estar aos pacientes. Geralmente a técnica é utilizada por pessoas que buscam atenuar linhas que incomodam, como o dorso nasal, dentre outros. No entanto, a plástica do nariz também é adotada na correção de doenças, traumas e problemas de má formação, como o lábio leporino, cientificamente chamado de fissura labiopalatal. Trata-se de uma fissura na região do lábio ou palato que não se fecha durante a gestação. Em muitos casos, não há separação entre a boca e a narina, chamada de comunicação buço-nasal.

 Complicações

A criança que sofre de lábio leporino pode apresentar diversas complicações como dificuldade de alimentação assim como complicações na fala. No entanto, um dos problemas mais graves é o preconceito, já que se trata de uma deformidade que pode causar repugnância devido ao seu aspecto visual. E para uma criança, ser rejeitada pode desencadear diversos transtornos psicológicos. Hoje é possível reverter o lábio leporino, com uma série de tratamentos entre diversas especialidades médicas, inclusive a rinoplastia, em que o paciente pode ter o nariz totalmente reconstituído.

Paciência

No entanto, trata-se de um tratamento demorado, em que não depende apenas do cirurgião plástico e sim de vários profissionais de diversas especialidades que se envolvem no tratamento. É preciso avaliar cada caso individualmente, pois muitas vezes a fissura não atinge a parte óssea, apenas os tecidos moles, o que permite uma intervenção menos complexa. Mesmo assim, quanto antes for iniciado o tratamento na criança, mais rápido serão os resultados.  Existem diversos especialistas em cirurgias reparadoras do nariz, em que é possível reconstruir completamente a região atingida pela má formação. O importante é que os pais procurem orientação médica assim que descobrirem, ainda na gestação, que o bebê sofre do problema.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA