Mastopexia
Mastopexia

A mastopexia com implante de silicone é sem dúvida uma das cirurgias reparadoras e estéticas mais realizadas pela cirurgia plástica. Pacientes que passaram por gestação ou como conseqüência do tempo são as causas mais comuns.

Para esclarecer trata-se de uma intervenção que se destina a melhorar a forma e corrigir a flacidez por meio de um procedimento cirúrgico que levanta o busto sem necessariamente aumentá-lo.

Esta cirurgia não tem como finalidade o aumento dos seios, mas sim preencher a região devolvendo sua forma e consistência. Pode ainda reposicionar as aureolas e levantar as mamas conjuntamente.

No entanto se deseja aumentar os seios e levantá-los conjuntamente, a indicação será a associação do implante de silicone com a mastopexia, pois existem casos em que a queda mamária é tão acentuada que não basta apenas o implante de silicone, pois os seios se manteriam flácidos e sofreriam quedas maiores.

Neste caso as próteses são inseridas abaixo ou acima do músculo peitoral. O tamanho vai variar de acordo com as medidas do tórax, altura e peso. O mais indicado é que a prótese não seja tão grande, pois o objetivo não é o aumento dos seios.

E um procedimento cirúrgico simples com duração média de duas horas. A idade indicada é a partir dos 15 anos pois nessa idade o desenvolvimento das mamas já atingiu seu ápice.

Pré e pós-operatório:

Um procedimento cirúrgico deve ser cercado de cuidados por esta razão é preciso ficar atento a alguns detalhes como a escolha do cirurgião, estrutura hospitalar que deve dispor de unidade de terapia intensiva (UTI) e os exames pedidos pelo médico.

No pós operatório o paciente deve ficar em observação e deverá permanecer em repouso para evitar problemas como hematomas até a má cicatrização dos pontos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA