Cirurgia Plástica após gravidezCom a gravidez, o ganho de peso associado ao aumento do útero intra-abdominal provoca a expansão da musculatura e da pele do abdome e da cintura, fazendo com que a mulher perca sua forma física. Podem aparecer estrias, há o acúmulo de gordura e flacidez no abdome, nas costas e nos quadris e os seios murcham com a amamentação.

As alterações variam de mulher para mulher, dependendo da pré-disposição individual, de fatores hormonais, do controle do peso durante a gravidez, dos cuidados com a pele, além do tamanho do bebê. Mas, em muitos casos, as imperfeições podem ser corrigidas através de cirurgias plásticas.

É importante ressaltar que qualquer tipo de procedimento cirúrgico deve ser realizado, no mínimo, entre 8 e 12 meses do nascimento do bebê, se a paciente já estiver dentro de um peso próximo do ideal, com o equilíbrio hormonal restabelecido, os tecidos desinchados, e musculatura e pele acomodadas às novas formas. Uma alimentação correta e a prática de exercícios físicos ajudam nesse processo.

Entre os procedimentos mais procurados no pós-parto está a correção da mama flácida. Além de corrigir essa flacidez, muitas mulheres querem realizar implante de silicone, após experimentar um volume maior dos seios. A plástica de mama deverá ser realizada, aproximadamente, 3 meses após o término da amamentação.

Para retirar as gorduras localizadas da região abdominal, indica-se a lipoaspiração. Já a flacidez deve ser corrigida com a abdominoplastia.

Ao optar por qualquer procedimento, a paciente deve estar preparada também para o período pós-cirúrgico, que necessita de repouso e cuidados especiais, como no caso da cirurgia de mama, que pede de 6 a 8 semanas sem levantar peso. E, estando com um bebê em casa, isso pode se tornar um pouco complicado.

Para mais informações sobre Cirurgia Plástica BH, visite a página Cirurgia Plástica BH no site do Dr. Etienne

SEM COMENTÁRIOS